NOTÍCIAS GUIA COMERCIAL
Padrasto assume que matou enteada enforcada, após estuprá-la em Londrina

Padrasto assume que matou enteada enforcada, após estuprá-la em Londrina

O suspeito de matar uma menina de 9 anos em Londrina, norte do Paraná, confessou o crime para a Polícia Civil, na segunda-feira (22).

Sandro de Jesus Machado, 25 anos, afirmou em depoimento que estuprou a criança e a matou por medo de que ela contasse para a mãe.

Sara Manuela Silva era enteada de Sandro.

A menina desapareceu no sábado (20) pela manhã. No B.O o padrasto afirmou que ela teria sumido enquanto ele tomava banho.

No depoimento Sandro contou que levou a menina ao fundo de vale e que no caminho encontrou um vizinho e relatou a ele que iria buscar uma galinha para a família confraternizar.

Ainda no depoimento Sandro conta os detalhes do crime.

“Eu estuprei ela e dei dinheiro pra ela não falar, mas ai ela disse que falaria pra mãe. Ai eu fui e fiz essa loucura de matar”, relata Sandro durante o interrogatório.

O homem contou aos policiais que teria sido a primeira vez que ele estuprou a menina e disse estar arrependido.

“Eu me arrependo muito! Eu sou um cara trabalhador e nunca fiz isso com ninguém. Eu destruí minha vida”

O corpo de Sara foi encontrado no fundo de um vale no domingo (21) pela manhã por moradores.

A PM afirmou que o corpo tinha marcas no pescoço e indícios de estupro.

Vizinhos tentaram agredir o acusado.Sandro foi preso e deve ser indiciado por estupro de vulnerável e feminicídio.

CATVE

Facebook Twitter Google+ linkedin email More
Copyright © Guia Todos – Notícias e Guia Comercial - Confira as últimas notícias com fotos e vídeos de Toledo, PR e Região. Guia Comercial de Empresas, Anuncie o seu negócio.